10 de junho de 2011

A Ponte do Arco Íris

Postado por Adriana Minhoto às 16:03
Oi queridos!

Queria muito compartilhar com vocês esse texto de autor desconhecido que li no blog Pelo Direito dos Animais, que li aqui:

Maravilhoso! Só quem tem e ama entende!

Um ótimo findi para vcs...

bjinhos

Ponte do Arco Íris



A Ponte do Arco-íris

Autor Desconhecido

Neste lado do paraíso existe um lugar chamado Ponte do Arco-Íris.


Quando um animal morre, aqueles que foram especialmente queridos por alguém, vai para a Ponte do Arco-Íris.


Lá existem campos e colinas para todos os nossos amigos especiais, pois assim eles podem correr e brincar juntos. Lá existe abundância de comida, água, e raios de sol, e nossos amigos estão sempre aquecidos e confortáveis.


Todos os animais que já ficaram doentes e velhinhos estão renovados com saúde e vigor; aqueles que foram machucados ou mutilados estão perfeitos e fortes novamente, exatamente como nós nos lembramos deles nos nossos sonhos, dos dias que já se foram.


Os animais estão felizes e alegres, exceto por uma coisinha: Cada um deles sente saudades de alguém muito especial, alguém que foi deixado para trás.


Todos eles correm e brincam juntos, mas chega um dia quando um deles para de repente e olha fixo na distância. Seus olhos brilhantes estão atentos; seu corpo impaciente começa a tremer levemente. De repente, ele se separa do grupo, voando por sobre a grama verde, mais e mais rápido.Você foi visto e quando você e seu amigo especial finalmente se encontrarem ficarão unidos num reencontro de alegria, para nunca mais se separar. Os beijos de felicidade vão chover na sua face; suas mãos vão novamente acariciar tão amada cabecinha, e você vai olhar mais uma vez dentro daqueles olhos cheios de confiança, que ha muito tempo haviam partido da sua vida, mas que nunca haviam se ausentado do seu coração.

Então vocês, juntos, cruzarão a ponte do Arco-Íris.



O Protetor de Animais e a Ponte do Arco Íris
Autor Desconhecido

O pequeno filhote e o cão mais velho estavam deitados à sombra, sobre a grama verde, observando os reencontros. Às vezes um homem, às vezes uma mulher, às vezes uma família inteira se aproximava da Ponte do Arco-Íris, era recebida por seus animais de estimação com muita festa e eles cruzavam juntos a ponte.
O filhotinho cutucou o cão mais velho: " Olha lá! Tem alguma coisa maravilhosa acontecendo!" O cão mais velho se levantou e latiu:"Rápido! Vamos até a entrada da ponte!"
"Mas aquele não é o meu dono", choramingou o filhotinho; mas ele obedeceu. Milhares de animais de estimação correram em direção àquela pessoa vestida de branco, que caminhava em direção à ponte. Conforme aquela pessoa iluminada passava por cada animal, o animal fazia uma reverência com a cabeça em sinal de amor e respeito. A pessoa finalmente aproximou-se da ponte, onde foi recebida por uma multidão de animais que lhe faziam muita festa. Juntos, eles atravessaram a ponte e desapareceram.
O filhotinho ainda estava atônito: "Aquilo era um anjo?", perguntou baixinho. "Não, filho", respondeu o cão mais velho. "Aquilo não era só um anjo. Era uma pessoa que trabalhava em um abrigo de animais."

2 comentários on "A Ponte do Arco Íris"

Desabafando on 11/06/2011 21:06 disse...

Nossa que lindo esse texto de uma sensibilidade comovente.

Bianca on 12/06/2011 10:46 disse...

Lindo mesmo Dri!
Beijoss

Postar um comentário

Adoro saber o que pensam...
Se possível deixe seu email para que eu possa responder...
=Ü=

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Era uma vez...Art´s Copyright © 2009 Paper Girl is Designed by Ipietoon Sponsored by Online Business Journal