11 de maio de 2010

Ser feliz...

Postado por Adriana Minhoto às 15:31

Desde crianças somos ensinados a sermos felizes, mas o que é ser feliz para você?

É ter uma grande casa? Um carrão na garagem? As roupas da moda? Uma festa de casamento de um milhão? Ser amigo de pessoas famosas? A maioria das pessoas não percebe que ser feliz está nas coisas mais simples da vida, como contemplar um pôr do sol, dar risada sem motivo, olhar um animalzinho, sentir um perfume gostoso...

Bens matérias são necessários sim, mas não são tudo em nossas vidas. Quantas pessoas eu conheço que vivem reclamando da vida, porém não fazem nada para que ela melhore (ou mude). Querem sempre mais, o carro da moda, uma casa no bairro chique, vários sapatos e bolsas de marca, comer nos restaurantes mais bem frequentados, tudo isso para se encaixar em uma sociedade extremamente consumista, mas sem cuidar do seu eu interior.

Um parêntese: mudar é preciso. Alguns acham que a mudança é sinônimo de fraqueza, mas muito pelo contrário, quem tem coragem de dizer que as coisas não estão bem e tomar alguma atitude para que elas melhorem (seja mudando de emprego, se separando do marido...) são pessoas de extrema audácia, pois estão enfrentando a opinião dos outros(o que não é fácil) e delas próprias para o bem estar delas.

Hoje, o que é ser feliz para você pode não ser a mesma coisa que era há cinco ou 10 anos. Temos que evoluir, crescer, amadurecer... Alguns “amigos” vem e outros vão... Empregos vem e vão... Amores vem e vão... Mas quem faz a felicidade é o protagonista de sua vida: você.

Sei que algumas coisas não são fáceis de fazer, não dependem só de nós, mas não temos que ficar esperando, temos que agir. Pensar positivo (acredito que o pensamento positivo ajuda muito na conquista de nossos sonhos), ter fé (não importa a religião ou o nome dado à força superior : Deus, Alá, Jeová, Ele...), ajudar o próximo, amar a natureza, todas essas ações e várias outras são sempre bem vindas para aqueles que são felizes, mas principalmente para os que procuram ela.

A vida não é fácil, mas não precisa ser difícil. Com bom humor conseguimos superar os obstáculos e deixar tudo melhor. Afinal, o importante é ser feliz!!! Devemos ser autênticos, sem ter que superar expectativas dos outros e sim a nossa própria, temos que nos respeitar e acima de tudo nos amar. “Se eu não me amar, quem vai me amar?”

Pensem nisso!!! Ótima semana para todos!!!

bjos

6 comentários on "Ser feliz..."

Arte e Artesanato on 11/05/2010 16:03 disse...

Eu concordo plenamente com tudo que você escreveu sobre a arte de ser feliz. Para mim é justamente isto ser capaz de aderir a mudanças, capaz de arriscar, mas jamais ficar parada na mesma estação. E isto realmente vai desde sonhar com um loboutin, até o afago do seu gatinho de estimação, o sorriso inocente de uma crian,a, uma flor desabrochando logo cedinho no quintal...tantas coisas que tem a nos ensinar o sentido da felicidade, mesmo em meio a tristezas sermos capazes de perceber, que ainda assim não podemos desistir da vida. Ser feliz também é também fuçar na NET e encontrar blogs lindos que trazem mensagens assim que só acrescentam em nós, assim como o seu. Muitos beijinhos de muita felicidade.

Marcia on 11/05/2010 19:29 disse...

Dri, concordo 100%. Para mim, ser feliz é passar um sábado em companhia de amigas queridas, brincando de artesanato. :)

Beijoca.

Jimmy on 11/05/2010 21:30 disse...

muito bonito! São os pequenos detalhes que fazem a diferença!! :)

Desabafando on 11/05/2010 21:42 disse...

Bom, pela sua descrição eu posso me considerar uma pessoa audaciosa, joguei meu emprego pro alto e decidi ser feliz sem me importar com o que fossem falar e venho descobrindo exatamente que a felicidade está nas pequenas coisas e não nos bens materiais...rsrsrs...concordo com tudo que escreveu aí, pena que esse ainda é o pensamento da minoria e não da maioria. É difícil encontrar pessoas que vejam as coisas dessa forma e que entendam esse ponto de vista na sua forma mais profunda.

Patricia Berquó on 11/05/2010 23:09 disse...

Menina, meu post te inspirou mesmo né. Acertou em cheio. Não devemos nos preocupar com a opinião do outro, mas é exatamente o que fazemos. Nos moldamos para o outro, para sermos pessoas simpáticas, agradáveis, para sermos aceitos, sermos desejados... Mas no final, a quem deveríamos agradar? A quem deveríamos escutar em primeiro lugar? Apenas a nós mesmos e ninguém mais.
Nos preocupamos tanto com grandes coisas, que os momentos simples se vão e, em seu lugar, ficam arrependimentos e frustações. O lema deveria ser realmente a frase que vc terminou o post, nos amar em primeiro lugar. Lembrei da minha analista nessa frase. hahaha

E, ô, fiquei tão feliz, mas tão feliz com seu recadinho. Incrível como sentimos as mesmas coisas que pessoas que nem conhecemos.

Beijinhos

Patricia Berquó on 11/05/2010 23:52 disse...

Ah, a viagem foi cansativa, mas gastar o meu portunhol brabo foi engraçado. rsrsrs

Postar um comentário

Adoro saber o que pensam...
Se possível deixe seu email para que eu possa responder...
=Ü=

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Era uma vez...Art´s Copyright © 2009 Paper Girl is Designed by Ipietoon Sponsored by Online Business Journal